quinta-feira, 18 de abril de 2013

Porque é que nunca ninguém me falou deste blog?!

Viver a vida?

"... A minha vida é estar doente. Nada mais restou no meu dia-a-dia. às vezes os dias passam sem fazerem sentido, e eu nem sinto que os vivi. Passaram por mim leve, levemente. E se há coisa que me tortura a mente é dar sentido aos dias, cheios de cancro, dar sentido a esta vida que é a minha, encontrar pequenos momentos felizes mesmo quando passo dias na cama. E não é fácil, para uma pessoa como eu que encontrava sentido nas viagens, no evadir-me, no nomadismo, na liberdade de pedalar por ai fora. Agora estou aqui num interregno onde já não tenho nada disso. Vivo num limbo de dias com cancro, a ser e sentir-me doente e cansada, todos os dias.

às vezes pergunto-me se lá bem no fundo não me transformei também eu em doença, se tenho o cancro dentro de mim ou se ele se confunde comigo."


Read more: http://episodiosderadio.blogs.sapo.pt/?skip=30#ixzz2QfAAmsOY




Partiu a Silvina e eu lamento tanto...  não a ter conhecido!
Descansa em paz.

16 comentários:

Emilie disse...

Mais uma estrela no céu... É triste sim.

Um beijinho*

Alice disse...

Também não conhecia o blogue e depois de algumas pessoas falarem sobre ele, li algumas coisas e fiquei tão perturbada e emocionada...

Não é possível ficarmos alheios a estas e outras palavras que por lá se lêem.

beijinho, querida Manuela

Por entre o luar disse...

Quando somos vencidos pela doença é triste :(

Descanse em paz*

Teresa Chambel disse...

Olá Manuela, também não conhecia e foi um "murro no estômago", é muito triste. Obrigado pela partilha e pelo seu blogue extraordinário.

Opinante disse...

Não conhecia, sinto muito.

Titanices disse...

olá... a Silvina era um poço de força!! Através dela conheci este blog - http://medulaparaojoao.blogspot.fr/

...ainda fiquei pior...

Tuquinha disse...

Nelinha querida,
não conhecia o blog....acabei de ler alguns posts mas fiquei de tal maneira perturbada e triste que acabei por desistir ....
Não sei que dizer.
Que a Silvina se cruze com os meus pais e olhem por mim.
Para TI o MELHOR DO MUNDO BEIJOS

Marta disse...

Não conhecia o blog, mas antes de ler o teu post até ao fim, segui o link e perdi-me pelos post. Li uma boa mão cheia deles e percebi que lia alguém cansado de lutar contra a doença, mas com vontade de levar a melhor.
Quando regressei ao teu blog para comentar, percebi que a Silvina já não está entre nós. :(
Lamento muito.

Beijinhos querida Manuela.

Pedagogia do Terror disse...

Não consegui parar de ler. Tão triste. E que pena que eu não o li antes.

lena disse...

Olá Manuela.
Não conhecia e li vários posts. Pena não ter conhecido antes é muito triste.
Beijinhos grandes.

cantinho disse...


Fui espreitar.Suspiro.
A vida é tão mártir para pessoas tão boas.
Um beijinho.

Fashionista disse...

não conhecia..

Cristinix disse...

Não conhecia o blogue, Manuela. Fui lá ver como era e fiquei-me a ler alguns posts. Tão tristes...
Entretanto regressei ao teu post e quando a seguir Às tuas papoilas dizes que a Silvina já tinha falecido, bem parece que levei um abanão, nem sei explicar, então voltei ao blogue a ver a data do post.
A doença é tramada!
Beijinhos e tudo do melhor para ti, mereces tudo!

Vivi disse...

Fui ao link e sou sincera, não consegui terminar de ler porque é muito triste.
Realmente não somos nada na vida, num segundo muda tudo.
Beijinhos com carinho

vera ferraz disse...

:(
Também não conheci... é pena... temos sempre imenso que aprender com estas pessoas. Por vezes numa frase dizem mais que muitos num livro inteiro.
Um beijo.

Carla disse...

Não consigo lidar com estes assuntos. Não me consigo controlar e acabo sempre [quase] a chorar.
Bolas. :(