terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Famílias em férias: qual é a sua?


A GuessWho, vai fazer uma tertúlia esta noite, lá no seu cantinho e convidou os amigos e as amigas a comparecer.
Aqui vai a minha contribuição:

"Famílias em férias: qual é a sua?

A Tradicional:
- Onde vão: Todos os anos para o mesmo sítio, que foi aliás onde se conheceram quando tinham 2 meses. Já têm barraca de praia cativa há pelo menos quatro gerações, e conhecem cada banhista do areal, desde a senhora que vende os queques de laranja ao recém-chegado que assentou arraiais por trás do jornal e que já descobriram que é primo afastado da sogra do Sr. João do minimercado.

A Desenrascada:
- Onde vão: Se não há dinheiro para ir à Cuba do Fidel vão à Cuba do Alentejo. Se não dinheiro para ir à Cuba do Alentejo, vão de camioneta à praia mais próxima, com o guarda-sol às costas e a lancheira na mão.

A Viajada:
- Onde vão: Tudo o que fique para cá da Tanzânia, é subúrbio. Ir para fora cá dentro a eles não lhes chega, ir para fora é verdadeiramente para fora. Ir a Espanha é o mesmo que ir a Elvas, Paris fica ao virar da esquina e Londres só para os saldos e mesmo assim ir a Londres é o mesmo que ir ao Colombo. A partir de Helsínquia já se respira um bocado mais à larga, mas mesmo assim, viagem que se preze tem que ter pelo menos um oceano pelo meio. Fazem muita gala de ir pelos seus próprios meios e passam a vida dizer que odeiam andar acarneirados em excursões, e depois gastam imenso tempo, neurónios e stresse a tentarem pelos seus próprios meios ver aquilo que qualquer excursão lhes teria mostrado. Gostam de ir ‘à aventura' mas o resultado da aventura é que geralmente quando chegam os hotéis já estão todos cheios ou então o carro vai-se abaixo em plenos Pirenéus.

A Beta:
- Onde vão: A qualquer sítio que não exija esforço. Programa que inclua muita passeata, muito subir e descer de autocarro, muito safari ou aldeia histórica ou monumento, não é com eles: vão para ficar no mesmo sítio. Vão sempre para o sol para se bronzearem, mas tem de ser uma praia civilizada, quer dizer, que além de praia também tenha piscina, que é onde passam de facto a maior parte do tempo porque também tem sol e não tem areia, que é enjoativa e arruina o verniz.

A Doméstica:
- Onde vão: A lado nenhum. Gastaram o subsídio (quando têm subsídio...) a pagar contas atrasadas ou a dar entrada para um carro novo, ou então lembraram-se demasiado tarde que havia uma coisa chamada férias, e quando chegam ao primeiro dia vêem-se a acordar em casa e sem sítio para onde ir...

A Anti-Praia:
- Onde vão: A tudo o que não tenha um pingo de sol - museus, restaurantes, exposições. Andam brancos como fantasmas ou vampiros ou a mulher do Conde Drácula, mas acham que ser pálido é chique, e pelo menos não apanham cancro de pele, embora nunca tenham um ar genuinamente divertido. Não percebem qual é a graça de ir apanhar pó, calor, areia e sal a um sítio cheio de povo, chateia-os perceberem que são iguais ao resto do povo, só que menos musculados, menos bronzeados e definitivamente menos louros, sentem-se fragilizados e ridículos a andarem por ali de calções, e além disso não gostam de encher o Proust de areia, os calções de areia, a alma de areia. "

by Catarina Fonseca

36 comentários:

Bomboca do Amor disse...

Eu faço parte da típica família beta, e sabe tão bem!
Beijinhos querida,
Bomboca do Amor.

mademoiselle joanne disse...

o meu pai é claramente anti-praia!

maria teresa disse...

As minhas férias não têm nada a ver com estas:):):)
Quando ainda não estava reformada, ia sempre para casa própria entre a serra e o mar...praia de manhã,com hipóteses de não ser sempre a mesma, passeios de tarde cuidando da parte lúdica e cultural das crianças, fins-de-semana a receber ou visitar amigos...Poucas noitadas, fomos sempre de poucas noitadas:):):)
Actualmente faço férias, "fugas" quando me dá vontade de me afastar do dia-a-dia ( que aliás não costuma ser muito monótono)
Abracinho meu!

carol disse...

Nós cá somos um bocado para o tradicional... mas sem os exageros, claro!... Desde que meta praia, está tudo bem!

GuessWho disse...

Obrigada Manuela pelo teu contributo! Já me ri mesmo :)Dei só aqui um pulo para te agradeçer mas vou escolher uma música de fundo para acompanhar a tertúlia. Acho que vai correr bem lá na festa!:D beijinhos Paula

Com Duas Pedras de Gelo disse...

Eu sou uma desenrascada um bocado beta nada tradicional. Não pode ser nada muito radical, que eu não sei fazer aquelas coisas básicas como andar de bicicleta ou nada, mas adoro andar, aldeias, monumentos. Um dia ainda vou ser viajada!

Mary disse...

Acho que não me enquadro apenas num tipo... Gosto de ir de férias com a família, para o mesmo sítio, e nesta época do ano, confesso que já começo a ter saudades desses dias... Gosto de fazer coisas novas que requeiram ou não esforço... Quanto ao que que não sou, definitivamente não sou a doméstica, porque se há boas razões para gastar dinheiro são as férias e as viagens! E também não sou nada anti-praia, aliás, isso parece-me quase um crime!! Para mim, não há melhor descanso do que um dia de praia com muito calor e um marzinho agradável para dar uns mergulhos!
http://amarycanlife.blogspot.com/

Marta disse...

A viajada, sem duvida.

MARIINHA disse...

Olá Manela,

As minhas férias não se encaixam num só tipo. Gosto de fazer alguma praia, portanto ter algum descanso, mas também gosto de viajar. Pode ser cá ou lá por fora. Mas nesse caso farto-me de andar de um lado para o outro.Ando quilómetros.

Beijokas

Catarina disse...

Alguém falou em férias?! : )

Helena disse...

Os tipos não me definem :) mas sempre fui um bocado desenrascada. O que interessa é passar um bom tempo.

Mie disse...

Emquadro-me na viajada e na beta.
Gosto muito de viajar para conhecer novas culturas e tambem gosto dos momentos em que nao faco nada.
Se as financas andam curtas fico mesmo por casa.

São disse...

Sou a viajada, embora com menos exagero.

Quando estva casada , era mais a tradicional: ia sempre para Armação de Pera(Algarve).

Boas viagens ...para a Manuela

flor de jasmim disse...

Manuela
As minhas férias por norma tiro uma a duas semanas para a prainha com minha filhota,antes era com as duas e netos. O meu Ro. não pode apanhar praia, embora adoramos ir ver o mar que temos aqui ao lado,e vamos muita vez,como ele tem uma fábrica de congelados só tira seguido uma semana, que vamos ou para Ponte de Lima, visitamos Ponte da barca, Monção, enfim,já atravessamos Tras-dos-Montes,também para a estalagem da Pateira de Formentelos,Caramulo,vamos para um hotel em Orfir, vamos até Espanha,depois tiramos uns quatro dias de cada vez várias vezes durante o ano quando exitem feriados e vamos para o hotel da Baleeira, ou para Burgau, ou para hotel Golf Mar no Vimeiro, Também já ficamos no hotel Porta do sol em Caminha,em vários turismo Rural, agora desde que temos a quinta no campo procuramos mais mar. e já chega por hoje.
Beijinho

Tuquinha disse...

Honestamente não me enquadro em nenhum tipo dos apresentados...e sinceramente tb nenhum destes tipos me alicia ou seduz.
Gostos são gostos e não se discutem...Ok?
Beijoquinhas

Dear Daisy disse...

A minha (eu e ele!!) é a viajada, mas sem esse exagero.
Mas vamos mais depressa a uma capital europeia do que a Lisboa!

Preço avião low cost < preço portagens para Lisboa!!

Beijinhos

aprendereorganizar disse...

O que me ri com esta descrição mulher... eu quero mesmo é férias fujir da rotina...Beijinhos

aprendereorganizar disse...

*fugir

RITITI disse...

qualquer local com PRAIA PRAI PRAIA

Manuela disse...

Bomboca, eu tenho anos que sim, anos que não ;)

mademoiselle joanne, as pessoas mais velhas, não gostam muito d praia ;)

Maria Teresa, mais inclinada para a tradicional, então! Mas agora tem um grande privilégio: faz férias quando quer, onde quer e com quem quiser :)

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

Carol, e porque não? Apesar deste texto ser uma crítica humorística, a verdade é que todos nós de uma maneira ou de outra, nos aproximammos mais de um tipo :)

GU, já estive a ler e foi muito agradável. Que venham mais tertúlias :)

Com Duas Pedras de Gelo, é verdade que ao longo da vida, vamos mudando de tipo ;)

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

Mary, és o exemplo de pessoa, que tem um bocadinho de cada esteriótipo :)

Marta, boas viagens, então :)

Mariinha, como madrinha desta tertúlia, tenho de te dar os parabéns, pelo êxito da mesma :)

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

Catarina, foi ontem. Falou-se e com humor ;)

Helena, ainda há mais tipos para além destes, mas ficava um post enorme ;)

Mie, és como eu, temos anos que fazemos de uma maneira, outros... ;)

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

São, sem dúvida. E que delícia de viagens, as suas :)

flor de jasmim, da próxima vez que vieres aqui para os meus lados, é favor dizer, sim? :)

Tuquinha, claro que isto é uma crítica feita com humor e um pouco satírica, também ;)

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

Catarina, o intuito é mesmo esse, fazer rir ou sorrir :)

RITITI, sai um praia, paradisíaca aqui para a menina sff ;)

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

Dear Daisy, tens razão. Hoje em dia fica mais barato ir a Londres de avião, do que fazer a viagem de Alpha pendular, Braga-Lisboa :)

Beijinhos, minha querida.

Pratos da Bela disse...

Amiga, desculpa mas falhas-te...
Eu cá vou sempre ou para BebeEdorme, ou para Apanhacana. Nessas altura há sempre trabalhinho que chegue para o lombinho, pois é a altura das colheitas.
Quem se quiser convidar, está á vontade, pois em Beberdorme ou Apanhacana nunca falta trabalhinho, tem direito a uma enchada, e no fim a um merendeiro á sombra da videira, tudo á moda antiga, chouriço na mão e broa de milhoe vinhaça, da que pinta a malga.
Espero por todas voçês...
Bjinhos fofos

danadinho disse...

Bom, férias, férias....não tenho...mas de vez em quando vou a Jersey- tenho lá o meu garoto mais velho na univ.
Quando posso vou à "terra" matar saudades...
Mais nada.
Gostaria de ir a ST. Tropez...mas daí a poder ir....é outra coisa!!!

Vera, a Fera disse...

Fiquei com água na boca de ouvir falar de férias. Muito bom o post.

MAG disse...

Somos da tradicional por causa do meu namorado. Se dependesse só de mim, seria a anti-praia. E sempre a acampar, que já é o que actualmente fazemos (sendo que agora é sempre no mesmo Parque).

Bjs

BS of Life disse...

Nunca tive grandes férias com a minha família, vivemos longe faz muitos anos.
Mas apenas fomos uns anos, sempre para a mesma praia, um sítio baratito e conhecido.
Beijocas.

Manuela disse...

Bela, muito obrigada por esta alternativa, aos tipos de férias, aqui enunciadas :)

danadinho, e ir à terra e a Jersey, não é fantástico?

Vera, já se começa a ter saudades ;)

Beijinhos, minhas(o) queridas(o).

Manuela disse...

MAG, também existe a tipo campista mas como o post já ficava muito grande, não transcrevi ;)

BS of Life, seriam na altura, mais o tipo tradicional :)

Beijinhos, minhas queridas.

Sweet Moments disse...

Nem sei em que categoria me enquadro. Eu gosto mesmo é de conjugar o verbo ir ... viajar, sair de casa,(com qualidade, é claro), ... e de preferência em boa companhia. :-)

Rafeiro Perfumado disse...

Eu fico num subramo da viajada. Gosto de conhecer sempre sítios novos, os quais variam consoante a disponibilidade orçamental.

Beijocas!

Manuela disse...

Sweet Moments, és uma mescla das diversas categorias :)

Rafeirinho, e que bom é viajar :)

Beijinhos, meus queridos.