terça-feira, 16 de agosto de 2011

Exasperante!


Nestes últimos dois dias, demos mais uma escapadinha, cá dentro!
A velocidade da net no local onde estava, era tão lenta, tão lenta, mas tão lenta, que consegui ler última revista Visão, enquanto esperava que os vossos blogs, abrissem.
Alguns nem consegui abrir, ou se abriam, não visualizava as imagens que vocês tinham colocado.
Completamente impossível responder aos vossos comentários, nos meus posts!
Que exasperante!
Pensar que em 2011, há locais onde a net ainda anda a carvão...
Minha querida net de casa, bendita sejas!

20 comentários:

Bomboca do Amor disse...

Dá-me cá uns nervos quando isso me acontece! ;)
Beijinhos querida,
Bomboca do Amor.

Imensidão dos dias disse...

É com essas situações que eu dou valos à minha :)

Autora de Sonhos disse...

Pois olha a minha também é a carvão...não há pachorra!

Catarina disse...

: )))

Ana (A mamã é só minha) disse...

A minha até funciona bem. Mas às vezes falha, e perco muito tempo a abrir qualquer coisa. Valia mais bloquear de vez, nessas alturas, para eu parar e ir fazer outra coisa mais útil do que estar à espera. Tanta tecnologia, tanta inovação, e isto acontece tantas vezes. E com os telemóveis, da mesma rede, no mesmo local, nunca falham.

Beijinhos

Marta disse...

Infelizmente a internet ainda deixa muito a desejar, principalmente fora das cidades grandes.
Isso acontece-me quando estou na terra e de facto não há muita paciência para tanta espera.

Dudu disse...

Sim dá para enervar, aos fins-de-semana tenho sempre esse sabor amargo, mas por outro lado no nosso país existem aldeias que há pouquissimo tempo receberam electricidade.

Rosa dos Ventos disse...

Querida Manuela

Nunca levo o computador quando saio, assim livro-me do desespero dessa lentidão! :-))

Abraço

Green disse...

Eu quando a minha fica um pouco lenta, ou por causa do tempo ou porque sim, já me irrita imenso, então estar num local onde ela é lenta por natureza, nem é bom de pensar.

Caminhante disse...

Olá Manuela, olha que ainda há sítios onde nem há net. Eu costumo passar férias numa aldeia onde nem tenho rede no telemóvel. Até que é giro :)
Beijinhos

Luisinha disse...

Acabei de me lembrar... para onde vou de férias, nem sei se tem net!!!! E agora?? Ooooopsss

Reflexos disse...

Calma...

Ba disse...

Ainda há muitos sítios assim. No Alentejo tb era, perdi a paciência.

Ana FVP disse...

Benvinda ao meu sofrimento diário... aqui a net é uma desgraça!

flor disse...

Apesar dos 10 megas que dizem oferecer, nem sempre isso acontece... por vezes tenho a net tão lenta que chega a enervar e se medir a velocidade em programas próprios verifico que só tenho 2 megas. Acho que vou mesmo ter que ligar para a zon e ameaçar que senão me resolverem o problema, mudo de serviço. Felizmente há sempre alternativas.

Manuela disse...

Bomboca do Amor, felizmente que foi só durante dois dias. :P

Imensidão dos dias, também eu! Minha querida net caseira. :)

Autora dos Sonhos, realmente assim, não há pachorra. :P

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

Catarina, tem que se ver o lado positivo da questão, não é? Li a revista Visão, praticamente toda. :)

Ana, eu não percebo nada de tecnologias, mas isso é estranho, não é?

Marta, pois foi precisamente o oposto: eu vivo no campo, como sabes e tenho uma net 5 * e foi na cidade que encontrei esta net, a carvão. :P

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

Dudu, tens razão quanto à electricidade, mas eu vivo no meio rural e a minha net é super rápida! :)

Rosa dos Ventos, pois eu já não passo sem ele! :P

Green, imagino o que será ter sempre essa velocidade "lenta, lentinha, parada"! :P

Manuela disse...

Caminhante, no Gerês, também não tenho rede no telemóvel, mas net há sempre e rápida ;)

Luisinha, verifica. Vais de férias para onde? Tenho de ir ver ;)

Reflexos, agora já passou, pois já estou a usar a minha net de casa. :)

Beijinhos, minhas queridas e para as de cima, também.

Manuela disse...

Ba, olha, aproveita-se para fazer outras coisas. ;)

Ana FVP, se tivesse na tua situação, acho que adoptava outro sistema. :P

Flor, e ainda bem que existem alternativas, senão ficávamos confinados... :P

Beijinhos, minhas queridas.