domingo, 13 de março de 2011

O primeiro dia, do resto da minha vida...


Liguei ontem a televisão no início da tarde e deparo-me com o Fernando Tordo, no meio de uma manifestação transgeracional, a cantar a sua célebre "Tourada".
Constato que uma canção que foi um hino antes do 25 de Abril, serve que nem uma luva, nas sociedade actual. E arrepio-me...
Terá tudo sido em vão? A democracia, não vingou? Para que serviram as nossas lutas, antes, durante e depois da revolução dos cravos? Onde estão os direitos, pelos quais eu e a minha geração, tanto lutámos?
Liberdade de expressão, só não é suficiente.
Sinto-me outra vez com 16 anos e com tanto para conquistar...
Ontem, foi o primeiro dia, do resto da vida de muitos jovens ...

26 comentários:

Tilida5ever Design-ROSINHA disse...

Espero bem que sim...

hierra disse...

Pois, não deixa de ser estranho, este revivalismo!!!!

Sofia disse...

Sinto o mesmo... e receio...e tenho esperança...
Beijos e parabéns pelo post

Helena disse...

Parece que "a luta continua" mesmo, não é?

Fiona disse...

E esperemos que tudo melhore tanto para jovens como para mais velhos porque, sem dúvida, merecemos um país com condições sem dúvida melhores nos mais diversos campos da nossa sociedade.

Bom Domingo!

Verita disse...

Também vi, o Tordo e o Rui Veloso a falar!!
E sinceramente as melhoras não são para breve...

flor de jasmim disse...

Manuela Querida
Que posso eu dizer sabes bem em que situação me encontro, não tenho palavras, apenas sinto um desalento e um aperto no meu coração. Parabéns pelo post.
Beijinho

carol disse...

Se valeu a pena?
Tudo vale a pena se alma não for pequena!
(Gosto e sempre gostei muito do F. Tordo, mas não gostei muito de o ver por lá, por acaso não!)

Joana disse...

Querida Manuela, concordo tanto com este texto. Inclusive apareceram pessoas (pelo que li) com cravos - isso, juntamente com a canção de Fernando Tordo, significa muito.
Portugal não teve grandes pessoas só na época dos descobrimentos, o 25 de Abril mostrou como Portugal ainda tem força. É preciso as gerações de hoje irem buscar essa força aos seus pais e avós, o que eu sinto é que estão todos muito parados, e sem reagir, quase sem esperança.

Petra Pink disse...

Manuela, só espero que a luta permaneça e que as coisas mudem verdadeiramente, porque assim não dá mesmo para continuar.

Uma boa parte de mim disse...

Achas mesmo, Manuela?
Na minha opinião, ontem foi o primeiro dia de dias iguais aos de anteontem, na vida de todos nós.
Mas prefiro que sejas tu a ter razão...

MARIINHA disse...

Manela;
Muito bom o teu post e identifico-me completamente com ele.
Ontem, o que vi na TV, fez-me lembrar o 25 de Abril de 1974 e também o primeiro 1º de Maio em liberdade.
Vamos ver o que se sucederá agora.
Bjs e boa semana

Sissy disse...

Espero bem que tenhas razão...

Beijooo****

Marta disse...

A luta continua!

Corina de Oliveira disse...

Incrível. Acreditas que acabei de fazer um post sobre este mesmo tema?!

Enfim... Acho que a revolução está iminente! Não achas?
Ah! E tem uma excelente semana :D

Beijinhos *

Lacorrilha disse...

Como dizem os outros: A luta é alegria!

Ana disse...

Esperemos que tenha servido para mudar alguma coisa. Nem que seja para despertar consciências.

Beijinho querida :)

GuessWho disse...

Infelizmente não me parece Manuela que tenha sido o primeiro dia...tudo está igual ou antes, pior! E eu também me emocionei com a multidão pelo facto de mostrarem que não são amorfos e indiferentes. Vamos ver no que isto dá.
Beijinhos.

Me disse...

Está tudo do avesso... como li por aí, a crise, mais do que económica, é de valores...

Manuela disse...

Rosinha, espero que se verifique uma continuidade, na mudança de atitudes...

Hierra, não sei se o termo revivalismo, será o mais adequado...

Sofia, a nossa classe sempre tão sacrificada, deu o exemplo há alguns meses atrás...

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

Helena, eu espero que continue a luta, por mais estabilidade...

Fiona, fiquei admirada como todas as gerações aderiram tão bem e isso tem muito significado!

Verita, desde que me conheço como gente, nunca vivi sem o espectro da crise...

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

flor de jasmim, calculo que estejas a atravessar um momento muito dificil...

Carol, tu és da minha geração, sabes como lutámos para dar um futuro melhor aos mais novos e agora... parece que ficámos pelas palavras...

Joana, são os jovens como tu, com garra que fazem toda a diferença, hoje e no futuro!

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

Petra Pink, pois assim como estão as coisas, não dá para continuar e não podem continuar...

Margarida, eu quero acreditar que vai fazer diferença e aguardo os próximos acontecimentos, com ansiedade...

Mariinha, sabes que eu também me recordei do primeiro 1º de Maio, em liberdade? De repente surgem 100, 300, 2000... 100.000 pessoas e há uma certa alegria no ar...

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

Sissy, eu, tu e todos, temos de acreditar que sim...

Marta, estava somente adormecida, será?

Corina, que algo está a acontecer é evidente, não sei se será uma revolução...

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

Lacorrilha, mas é desses que eu tenho um certo receio...

Ana, creio que esse objectivo, foi conseguido!

Paula, aguardamos com ansiedade o desenvolver de todo este movimento...

Beijinhos, minhas queridas.

Manuela disse...

Me, estou de acordo contigo, esta crise de valores já se vem arrastando há demasiado tempo...

Beijinhos, minha querida.