quinta-feira, 20 de junho de 2013

Como emagrecer, sem deixar de comer! II



No Natal passado, ofereci à minha mãe-pequenina, uma carteira toda giraça, em pele preta, pois a dela já estava a precisar de reforma..
Resposta pronta da minha querida mãe: Não faz o meu género, podes ficar com ela!
Arrumei-a.
Hoje disse-me que estava a necessitar de uma carteira, pois a dela já estava velhota.
Fui buscar a mesmíssima carteira que lhe tinha ofertado no Natal e perguntei se ela gostava dela...
Resposta pronta de minha mãe querida: Adoro! É mesmo o que eu queria!!

13 comentários:

cycle disse...

Foi do vento! :)))

Rosa dos Ventos disse...

Quem guarda acha!
Imagina que a tinhas oferecido a alguma das queridas que te mandam presentes? :-))

Abraço

Panda disse...

lol a minha também é muito assim.

S* disse...

ahahah BOA!!

Custódia C.C. disse...

Estou mesmo a ver a carinha da D. Augusta a dizer isso :):):)

Alex disse...

Fartei-me de rir com esta tua pequena história. As mães são um espectáculo!

Graça Sampaio disse...

Eh! Eh! Eh!... De mais, Manelinha!

Beijinhos

PinUp Me disse...

Ahahahah lindo!

Diario de uma mae solteira disse...

As mães podem tudo, foi só um ataque de bipolaridade, aposto

Beijinho

Paula Nogueira Guerra disse...

O sol certamente deu-lhe outro ar :)

Um beijo no mãe pequena xxx

Fernanda disse...

Os nossos idosos são crianças grandes! E que querido que isso é! Como eu gostaria que a minha ainda cá estivesse para poder ter esses caprichos. Desfrute-a, querida Manuela!

Angela disse...

:-) gostei muito !...

EMLA disse...

Mães!!!!!