quinta-feira, 22 de julho de 2010

Amália Hoje


Amália é um símbolo da nossa Portugalidade e os poetas que cantou, são incontornáveis. No entanto, nunca fui uma Amaliana; a sua melancolia, fatalidade e desagrado pela vida, sempre me incomodaram, um pouco.
Gostei desde o princípio, deste projecto que juntou músicos de áreas tão diferentes e deu novas roupagens, aos fados da Amália.
Vi-os pela primeira vez em Vila do Conde e ontem estiveram no Theatro Circo, com casa esgotada, cumplicidades em palco e aplausos infindáveis.
Cá em casa, toca o último álbum deles, que na capa tem os autógrafos dos quatro,
Obrigado Sónia, Fernando, Nuno e Paulo.

8 comentários:

MARIINHA disse...

Tal como tu, nunca fui Amaliana. Há no entanto dois ou três fados dela, que me deixam arrepiada. Quanto a esse projecto Amália Hoje, sei que existe, mas não conheço muito bem. Vou ouvir, até porque gosto da Sónia. Obrigada pela partilha.
Abraço

Tuquinha disse...

Gosto de ouvirum bom fado de Amália.....certo é que fico sempre demasiado melancólica., e nesta fase da minha vida preciso de tudo menos ficar triste e melancólica...
beijinhos

Leila Reis disse...

por acaso já gostei mais, mas com todas as vezes que já ouvi a música deles, acabei por enjoar um pouco.
ainda assim concordo que é um bom projecto.

Custódia C.C. disse...

Já percebi que foi bom .. mais uma vez :)

Louise disse...

Confesso que não sou fã da Sónia (nem da sua voz), mas concordo que os Amália hoje fizeram um bom trabalho.
Quanto à melancolia, julgo que há momentos na vida em que é necessária.

P.S. Obrigada pela visita

Mak, o Mau disse...

Epá, liberdade de opiniões e gosto, sim senhor e tal, maravilha, mas eu em relação a essa quadrilha também uso uma palavra de 4 letras que tem oj no meio, mas não é Hoje.

Mas eu também sou um bocado biltre da pior espécie...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Apesar de gostar de Fado, nunca fui grande fã de Amália. Inicialmente gostei dos Amália Hoje mas tanto ouvi na rádio que, confesso, cansei!

Manuela disse...

Mariinha, Tuquinha, Leila, Carlos, os concertos são mais apelativos do que o disco:)
Custódia, foi óptimo, na companhia das amigas:)
Louise, bem-vinda :)
Mak, que mau ;)