segunda-feira, 26 de julho de 2010

Ó Gente...


Ó Gente da minha terra, agora é que eu percebi, esta bondade que trago, foi de vós que a recebi.
E pareceria ternura, se vos deixásseis embalar, vinde aqui à Maria alguns livros licitar!
(Adaptação livre, do poema de Amália)

10 comentários:

São disse...

Adoreeei a fotografia, pois - além de bem tirada - foca uma papoila, uma das flores que mais me atraem.

Um abraço.

Manuela disse...

São, eu também gosto muito de campos de papoilas!E estas cores da nossa terra...
Beijinhos

Leila Reis disse...

gostei :)

Manuela disse...

Leila, temos que nos ajudar uns aos outros ;)
Beijinhos

Custódia C.C. disse...

Ando sempre a espreitá-la para ver se aparece algum que me interesse :)

Luara Q. disse...

quanta intensidade!

Manuela disse...

Querida Custódia, o "nosso problema" é que muitos dos livros que estão para licitar, já fazem parte das nossas bibliotecas, não é?
Beijinhos

Manuela disse...

Luara, bem-vinda. Volte sempre!

Maria disse...

Ai mulher, mas que coisa mai linda. Não te sabia tão dada à poesia.

:)


Obrigada, querida.
bj

Manuela disse...

Querida Maria,
eu e a Sra. D. Amália, pelo teu sonho fazemos tudo!
Beijinhos