domingo, 8 de janeiro de 2012

Quando for grande, quero ser como a Isabel!!

E depois há mulheres como a "Isabel Pessôa-Lopes, 45 anos, resolveu ir ver, com os seus próprios olhos, sozinha e a pé, os seus extremos: as fronteiras marítimas (todos os faróis, fortes e cabos de mar) e terrestres (castelos, fortalezas e povoações na linha da Raia) do continente.


Partiu do Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa, a 4 de julho e regressou, ao mesmo local, 80 dias depois, carregada de emoções e histórias que não imaginava possíveis."


Outra "Isabel"...

E acrescenta: "A única maneira de levar a cabo esta aventura foi viajar tipo Monty Python. Porque não encontro explicação lógica para as disparidades que vi, a nível humano. As pessoas que vi a passar mal, muitas vezes por causa do Estado Social que lhes falha, trabalharam que nem uns cães a vida toda, pagaram os seus impostos. Porque é que agora não há um médico? Não há um lar, uma farmácia, um café, uma mercearia, um telemóvel, um multibanco. Esta gente não tem direitos? Estou falar de um país da União Europeia, onde havia zonas em que eu estava preocupada com a qualidade da água. Todo o trajeto que fiz junto à raia, a partir de Castelo Branco, não tem rede de telemóvel. Nós fomos e voltámos da Lua nos anos 60. Estamos em 2011!" Mas a pobreza que viu chegou a dar ligaduras, pensos e desinfetantes que levava na mochila foi também de espírito, em terras que conhecia dos anos 80 e, onde, conta: "À exceção de haver melhores estradas é a mesmíssima coisa em termos de mentalidades. Não vi grandes diferenças e isso chocou-me".


E porque o texto é mais extenso, mas deveras interessante, deixo-vos aqui o link.

18 comentários:

laetitiasweeneyrose disse...

Vou ler com certeza. Obrigada por partilhares.:)

Ana B. disse...

Obrigada por partilhares, queria eu ter a mesma coragem que a Isabel!

Maria disse...

Minha amiga obrigado pela partilha.
Beijinhos
Maria

Carla disse...

Bom texto. Também gostava de um dia poder ser como ela :) BJS*

Benedita disse...

Que experiência de vida! Fantástico!
Obrigada pela partilha, querida Turista.
Beijos grandes

Claudia disse...

Eu um dia também gostava de ser assim...

LOL aos 40 disse...

Olá Turista,

ainda bem que me encontraste e...não demoraste tanto tempo.

Fiquei contnte!
Um bj para ti.

: )

Fica bem

Ba disse...

Realmente gostava de ter um pouco da coragem de algumas pessoas..

Rafaela disse...

fantástico! pena nem todos terem a mesma coragem

Beu, a Ruiva. disse...

Adorava fazer o mesmo.
Vou só ali arranjar alguns trocos e depois faço a mala e vou, bopa?!
:)
Beijinhos

Ana FVP disse...

As coisas que tu mostras aqui :)

Gostava de fazer o mesmo!

Fiona disse...

Mas que partilha fantástica! Adorei o pormenor de ter incluído na sua viagem todos os faróis, fortes e cabos de mar :)

Luisinha disse...

Que experiência espectacular, obrigada. Bjinhos :)

Ana disse...

É um tipo de experiência que me fascina e adorava ter. Levava a minha máquina fotográfica para registar tudo! Um sonho, por enquanto...

Beijinhos e boa semana :)

Opinante disse...

Espectacular!

Obrigada pela partilha;)

Ana Varela disse...

Olá, Manuela!
Conheço a Isabel e faço parte do CAOS, o grupo de caminhadas que a acompanhou em alguns troços (eu, infelizmente, não fui a nenhum desses). Deixo o convite para a visita e inscrição na plataforma Caminhar em Portugal, que tem sempre excelentes propostas para pormos as botas em movimento:

http://caminharemportugal.com/

Boas caminhadas por esse país fora!

estrela disse...

muito bom...
uma experiência enriquecedora

Isabel Pessôa-Lopes disse...

Grata pela partilha da notícia e também por todas as palavras de apreço que aqui li nos comentários ! :-)

Acaso tenha(m) interesse em ler/ouvir outros registos mediáticos ref: m/MEGA-Maratona, pf vide:
http://www.facebook.com/IPessoaLopes
ou
http://caminharemportugal.com/forum/topics/mega-maratona-pessoana-recortes-de-imprensa
(acesso via registo gratuito - e anónimo, se preferirem ;- )

ABREIJO CÓSMICO