terça-feira, 1 de maio de 2012

+1 tão perto e tão longe

As nossa mãos, Abril de 2012


No fim de semana, tive por cá a minha sobrinha-filha.
E do longe, se fez o perto.
E algumas confidências foram trocadas...
E os mimos souberam a pouco...
A minha menina está uma mulher! Linda!
E eu fixo aqueles olhos azuis e recordo-me dela, pequenina ao meu colo, sempre com o seu ar muito sério, enquanto batiamos pelo mundo e eu lhe apontava uma praia, uma varanda, um quadro de Miró, mesmo na altura que ela (tão pequenina!) ainda não entendia nada do que eu lhe dizia.
E agora adulta, oiço-lhe as conversas, as opiniões, os desejos, os anseios, os sonhos, as ambições, os projectos para o futuro e aí sinto que ela já levantou asas e voou!
E eu fico aqui... com um nó na garganta... e não sei se chore, se ria... de felicidade.

(e assim terminou o desafio proposto pelo blog Comichão Cerebral. Parabéns a todos os que participaram e à Erva Daninha que o engendrou!)

15 comentários:

clair disse...

As crianças desenvolvem num instante, uma pessoa nem dá por ela

Ângela Almeida disse...

O tempo voa e eles crescem :)
Kiss

Cláudia disse...

Gostei tanto desta descrição.
Com as devidas adaptações, também já começo a sentir o mesmo com a minha sobrinha mais velha...

Cláudia disse...

Gostei tanto desta descrição.
Com as devidas adaptações, também já começo a sentir o mesmo com a minha sobrinha mais velha...

Rosa dos Ventos disse...

Crescer assim é um privilégio! :-))

Abraço

Luisinha disse...

Ás vezes ficamos espantadas com a velocidade a que o tempo passa, eles crescem tão depressa!!! Bjinhos :)

Scarlet Red disse...

Eu já sinto um nó no estômago quando o baby escarlate afirma peremptório que já não é bébé, que é menino :) mas os beijinhos que lhe dou no pescoço cheirarão para sempre ao meu bébé ;)

abspinola disse...

Ainda hoje falei sobre isso, eles crescem e ficam cada vez mais longe de nós.
Bjstos
Feliz dia

mfc disse...

Uma foto de uma ternura imensa, que dispensa qualquer legenda!
Parabéns e beijinhos,

Evy Percebes disse...

Que foto linda;)

Fashionista disse...

que lindo!

erva daninha disse...

obrigada eu! :D beijinhos grds

lena disse...

O tempo passa depressa. Eu olho para a minha filha agora crescida e lembro-me como se fosse ontem o momento em que ela nasceu. E conheco muito bem esse nó na garganta e o não sei se chore ou ria... Excelente texto, adorei...
Beijinhos grandes

Flutuações da mente disse...

Lindo!

Green disse...

Esses momentos são mágicos e renovam-nos.