terça-feira, 17 de agosto de 2010

Cinzas


Desde a manhã de ontem que o sol é filtrado por uma nuvem de fumo e cinzas. Caem cinzas como se de gotas de chuva se tratassem, no jardim.
Os helicópteros não pararam uma hora, enquanto houve sol, num constante vaivém. Só daqui da janela de onde estou, avistei três focos de incêndio, todos para os lados do Gerês e da serra do Carvalho.
O sentimento é de frustração e impotência.
Mas quando terminará este inferno?
É que agora, já podem colocar o parque eólico, que tanto brado dá!

21 comentários:

Dudu disse...

É uma dor de alma ver um património desaparecer porque alegadamente valores mais altos se levantam.

Sofia disse...

E a impotência de fazer algo cresce dentro de nós, não é?
Bj

Niki disse...

É mesmo uma dor no coração, então falando do Gerês a mim ainda me doi mais....

bj

Tuquinha disse...

tenho acompanhado na TV e falei com os meus sogros,e está a ficar tudo queimado........vivam os incêndiários e quem está por detrás deles.
è o país que temos......São maluquinhos ou alcoólicos, como tal vão para casa.
Beijoca
Ontem liguei mas não atendestes...eu depois dou toque

Leila Reis disse...

é terrível a impotência que sentimos nestas alturas, é ver pessoas desalojadas e outros que tais, e nada mesmo podemos fazer. e depois custa mais ainda ver que há quem consiga e possa fazer alguma coisa, mas nada faz para ajudar.

Meio Cheio disse...

Estamos todos a acompanhar pelos media a devastação que para aí vai e so nos resta esperar que passe em breve.

Uma boa semana e beijinho...
obrigado pela visita e por me teres adicionado*

AC disse...

Nestes momentos a impotência quase gera revolta. É uma enorme fatalidade!

Beijo :)

Manuela disse...

Dudu, os valores económicos, dominam!

Se é, Sofia. A visibilidade, neste momento é mínima.

Niki, uma das nossas maravilhas naturais!

Beijinhos, muitas queridas.

Manuela disse...

Tuquinha, já falámos :)

Leila, não entendo alguns desses meandros!

Meio Cheio, bem-vinda!
Gostei muito do teu blog :)

Beijinhos, minhas queridas

Manuela disse...

AC, e não há fim à vista, pelo menos por aqui!

Beijinho

MARIINHA disse...

Uma tristeza o que se está a passar no nosso cantinho que antes era verde. Está a ficar calcinado.

Que venha chuva, rápido é o que peço.

Silk disse...

I know the feeling :(

Manuela disse...

Mariinha, aqui já está a ficar enublado. Vamos ver se amanhã há tréguas!

Silk, é uma tristeza!

Beijinhos, minhas queridas.

maria teresa disse...

Faz doer a alma! Estamos todos os anos a perder a nossa qualidade de ar, a nossa qualidade de vida...
Abracinho

F Nando disse...

Aos poucos se vai destruindo um país a troco de interesses economicos de uns poucos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Eu não sou de intrigas, mas há uns dias lá no CR falei precisamente dessa relação entre incêndios e energia. Cheirou-me muito a esturro, mesmo a quase 400 qulómetros de distância...

AVOGI disse...

a minha casa ficou cheia de cinza dos incêndios. por cá está tb muita floresta queimada.

Tia Complicações disse...

Coitadas das pessoas e dos animais é a destruição do ecossistema. Isto é maldade demais...deviam castigar os pirómanos a sério... :(

Manuela disse...

Maria Teresa, diz bem, perder a nossa qualidade de vida!

F Nando, bem-vindo! A nossa revolta advém, dos interesses desses poucos, como diz.

Carlos, eu li o seu post, muito oportuno, como se veio a constatar!

Um abraço.

Autora de Sonhos disse...

É uma dor de alma

Manuela disse...

Autora, parece que hoje, já está controlado!

Beijinhos, minha querida.