domingo, 15 de agosto de 2010

Mãe


E quando a nossa mãe, na ternura dos seus 80 anos, nos envia este postal, a nossa alma fica tão doce, mas tão doce!

17 comentários:

MARIINHA disse...

Mãe e Mãe. Que falta me faz a minha

Beijos

Anira the Cat disse...

Lindo!

Bjokas

nuvem.de.algodão doce disse...

Que querida :)
*

maria teresa disse...

Que ternurinha...!!!!
Abracinho

Custódia C.C. disse...

Eu hoje recebi um belo ramo de flores do seu jardim :):):) Conversa daqui, corta rosa dali, agora mais esta folha que está tão linda ...quando dei por isso tinha um lindo arranjo que já está a embelezar a minha jarra vintage.
Uma ternurinha sim :)

Manuela disse...

Mariinha, nem quero pensar que um dia vai partir.

Anira, Nuvem, Maria Teresa, é mesmo uma ternura :)

Custódia, já sabia da tua visita. Mais uma vez obrigada, amiga :)

Beijinhos, minhas queridas.

Leila Reis disse...

lindo mesmo :)

Manuela disse...

Leila, é verdade :)

Beijinhos

Precis Almana disse...

A minha passou os 75 e espero que dure muitos mais, não me imagino sem ela... Aproveita-a bem!

Maria disse...

maravilhoso!!

Manuela disse...

Precis, compreendes o que eu sinto :)

Maria, é mesmo :)

Beijinhos, minhas queridas.

Rafeiro Perfumado disse...

A ternura não tem idade. Beijocas!

Autora de Sonhos disse...

Querida....não há idade para manifestar o AMOR incondicional.
Tão bom....

Dudu disse...

Sabem bem estes miminhos, bjs

Manuela disse...

Rafeiro, grande verdade :))

Autora, quero ser assim, quando tiver a idade dela ;)

Dudu, miminhos, sempre :)

Beijinhos

Sofia disse...

A tua mãe deve ser alguém mesmo especial.
Um bj enorme para ela e para ti ( que segues o exemplo dela e que tb gostas de espalhar ternura:)

Manuela disse...

Sofia,
obrigada pelas tuas palavras, és uma querida :)

Beijinhos