terça-feira, 18 de outubro de 2011

Resignação


O Carlos fala hoje, em algo que me assusta!
Porque um emprego não é uma dávida, um emprego é um direito!
Porque devo partilhar convosco!

E por aqui, a conversa sobre esta temática vai continuar por muitos e maus tempos!
Porque é da nossa vida e do nosso dia-a-dia, que me interessa falar.

20 comentários:

ana disse...

Manuela que verdade tão verdadeira!!!! E nós continuamos a achar que é uma dádiva quando afinal é um direito. Concordo com o teu comentário no bolg do carlos. Medo!!!!
beijinhos

Green disse...

Completamente, mas infelizmente não é isso que se passa neste país.

Karochinha disse...

Poi se é verdade Manuela, prefiro continuar desempregada durante mais um tempo ou trabalhar nas limpezas do que "aceitar" a "escravidão" de quem pensa estar a "oferecer-me" uma oportunidade única e irrecusável ao menor preço possível! Mas para onde é que este comportamento nos levará?
A nossa permissão só dá a estes "abutres" o azo de agirem assim...!

Lisbo@ disse...

Grande verdade! é triste ver tantas empresas a aproveitarem-se de quem se deixa resignar.

Fernanda disse...

É um direito sim senhor! Não devemos estar gratos por ele, devemos lutar e exigi-lo. O facto de haver gente sem emprego não pode resignar-nos só porque estamos um pouquinho melhor.Cada um deve lutar pelos seus direitos Devemos lutar todos juntos sem baixar os braços.Quem está sem trabalho ou a ser mal paga não tem que achar que os outros, só porque estão melhor, se devem calar; tem mais é que lutar pelos seus também. Qualquer dia transformam-nos em escravos e ainda temos que agradecer por estarmos vivos. é que sempre podiam matar-nos....Resignar-se é morrer aos poucos!Até parece que se ficarmos todos mal vamos ser todos muuuuito felizes.

Texuga disse...

Ora ia esta uma grande verdade!!

Rosa dos Ventos disse...

Claro que é um direito mas já cheguei a responder a pessoas que se queixam de estar cansadas:
- Ainda bem!É sinal que tens trabalho!
Se calhar não o deveria dizer...:-((
Mas não é fácil sentir tanta gente a viver no fio da navalha...

Abraço

Bia disse...

Epaaaa sabe o que me deixa em pulgas aqui em Portugal?? Juro pra vc q me dá até nos nervos!! É o fato dos jovens serem apolíticos! Meus Deus, lembro bem quando o ex-presidente Collor foi expulso do governo pelos caras pintadas nas ruas, os jovens foram para as ruas em peso se manifestar!E os que não foram colocaram bandeiras pretas em sinal de luto nas janelas, mas ninguém ficava inerte. Fico preocupada com o futuro de minha bebé aqui em Portugal, o q será q ela vai ter q enfrentar em um futuro breve??? Caramba, vamos para as ruas gente, ñ fiquem de braços cruzados, lutem por justiça em seu país!! Até....

Ana FVP disse...

Mas nos tempos que correm acho que essa perspetiva se perdeu...

Nina disse...

Pois...:(
E o que fazer em tempo de greves, quando o dinheiro já é contado para as despesas mensais?:(

Malena disse...

Ando a evitar pronunciar-me sobre isto porque, confesso, começo a ficar deprimida!!! Também eu partilho destes medos! **

Bomboca do Amor disse...

É muito triste quando chegamos ao ponto a que chegámos!
Beijinhos querida,
Bomboca do Amor.

maria teresa disse...

Ando triste com o que observo à minha volta, já entrei em grandes lutas, presentemente sinto-me cansada, cansada de ver tanta mentira, tanta falta de soluções, tanto "falar" e tão pouco dizer...tanta injustiça.
Beijo meu!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Obrigado pela referência, amiga Manela. Tenho esperança que as coisas melhorem se a D. Laura aceder ao pedido que lhe fiz há minutos lá no CR

[Que]Nina disse...

selinho pa ti no meu blog

Ana disse...

adorei o texto. infelizmente a resignação é muito comum e quem não se resigna é acusado de tudo e mais alguma coisa.
beijinhos e esperemos que isto melhore

AVOGI disse...

MANELA
Lá foi o tempo em que ou melhor escolhíamos a profissão dos nosso sonhos ,hoje m dia é impensável pensar (desculpa a redundância), mas os tempo mudaram o que antes era um direito agora já não é
kis :=(

mfc disse...

Tal como o subsídio de desemprego que nos andam a tirar aos pouquinhos... é um direito e não uma benesse!!
Toda a gente o pagou com os seus descontos!

carol disse...

manelinha, hoje em dia acho que tudo já nos assusta - pelo menos é o que eu sinto. Isto está mau!

Beijinho

Y disse...

Infelizmente essa é a verdade em que vivemos :S