segunda-feira, 4 de junho de 2012

Batalha resgata memória em Centro de Interpretação.


"A vila da Batalha viu nascer um novo Centro de Interpretação que ocupa... o interior da antiga Adega dos Frades do Mosteiro de Santa Maria da Vitória.
(fotografia retirada da net)
“Há uma memória que ficou completamente apagada sobre a vila”, considerou o director do Mosteiro da Batalha, Pedro Redol, em declarações à Lusa.
É precisamente essa memória que se pretende resgatar no novo Centro de Interpretação do Mosteiro da Batalha que, em projecções 3D, oferece uma viagem à sua construção ao longo dos séculos: desde o século XIV quando foi erigido um pequeno templo passando pela sua restauração no século XIX...
O centro ocupa o interior da antiga Adega dos Frades do Mosteiro de Santa Maria da Vitória...
As visitas estão incluídas no percurso do mosteiro: todos os dias 9h às 18h; bilhetes a 6€ por pessoa (descontos de 50% para seniores, famílias e ex-combatentes; 60% com Cartão Jovem)."

18 comentários:

Palco do tempo disse...

que giro :)

Rosa dos Ventos disse...

Acabei de chegar da Nazaré com passagem pela Batalha!
Pedro Redol foi meu parceiro num curso de italiano que tirei há uns anos!
Ele era mesmo o melhor aluno e é um excelente técnico.
Também já foi director do Convento de Cristo em Tomar!

Abraço

Carolina Tavares disse...

Já está na minha lista de lugares a ir quando por terras lusas estiver.

Obrigada pela partilha.

Inês disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marta disse...

Curioso ;)
Obrigado querida Manuela, pelas tuas palavras.

Não tenho tido tempo para o lazer mas não consigo desapegar-me por completo da blogosfera, porque aqui existem pessoas que nos estimam.

Um beijinho grande

S* disse...

Bela ideia!

Inês disse...

O meu cometário foi parar ao post errado...já vou refazer o erro.
Quanto a este centro já me disseram que é muito interessante e bastante realista.

Flor de Jasmim disse...

Manuela querida
Muito bonito! recomendo a todos aqueles que não conhecem a fazer uma visita.
Boa semana

Beijinho e uma flor

krasiva disse...

que giro...ver se paro lá um dia destes ;) sp belas dicas

As minhas tramas disse...

Linda dá uma olhadinha nas minhas vendinhas :)
http://asminhastramas.blogspot.pt/p/as-minhas-vendas.html
BJOS

Miss Peppe disse...

Este mosteiro é belíssimo! Adoro-o! Vale mesmo a pensa visitar :)))

Beijoca

Pérola disse...

É sempre bom saber que o nosso património ainda merece atenção e há quem dele cuida. Bem hajam!
Só fiquei com uma curiosidade: para que queriam os frades uma adega? Produziam vinho e vendiam, convertendo-o em receitas para o convento ou era só para consumo próprio?
As tuas crónias são muito pertinentes e didáticas. Gosto!

Vecas disse...

Sempre atenta a nossa querida Manuela, adoro saber por ti estas coisas, já que em casa é so baby tv, não vejo telejornais porque são sempre a mesma xaxada , restas-me tu para meu canal informativo do que realmente vale a pena saber! beijinho

Lilá(s) disse...

Vou ver se passo por lá, interessa-me.
Bjs

ps: querida amiga, o jacarandá não tem nada a ver com os liláses, são bem diferentes. O lilás dá flores em cachos de um aroma intenso, é lindo sem dúvida...o jacarandá, floresce agora nesta altura do ano e tem flores como aquelas que mostro no meu blogue, o aroma é muito suave, quase nem se dá por ele. Se colocares no google o nome de cada um deles e pedires "imagens" ficas mais elucidada.
Beijinhos

Ana FVP disse...

Lembro-me de ir tantas vezes ao mosteiro da Batalha quando era mais nova... boas recordações!

mfc disse...

A Batalha está a precisar de uma revisitação minha!

mãedesaltosaltos disse...

Gosto mais de Alcobaça, é mais sóbrio de estilo gótico possui os tumulos de D. Ines de Castro e de D. Pedro, considerados o expoente máximo do gótico portugues... beijinhos

Dreams and Chocolate disse...

A Batalha é daqueles sítios onde adoro ir sempre que posso :D