segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Nuvens e borboletas!

Que a nossa Petra é uma mulher de garra, todos nós já sabemos! E adoramos!
Agora que é uma cozinheira de mão-cheia, estou a descobrir agora!
Atentem, nesta receita bem Alentejana, feita por uma Transmontana (sim que a Petra é uma mulher do Norte!) que eu lhe solicitei, a partir de um comentário feito por mim, a uma resposta sua, num selo! (e ainda dizem que os selos não servem para nada!)

Cação de Coentrada


"Turista atenta então:
Para o cação de coentrada fazes assim: Compra primeiro as postas de cação ou tintureira que é mais ou menos a mesma coisa, tem de ser grandinhas. Para uma refeição para duas pessoas compra aí 4 postas.
Para preparar: 
Fazes um refogado com 3 cebolas médias picadas, azeite qb, folha de louro sem o meio, sal e 3 dentes de alho picados.
Quando estiver loirinho, deitas lá para a panela as postas do peixe temperadas com sal e limão.
Tapa a panela e salteia bem durante 10 minutos as postas.
Depois, faz um molho numa tigela que leva: 3 colheres de farinha de trigo, 3 colheres de água e 3 colheres de vinho branco.
Mexe bem e rectifica de mais farinha se achares que está muito líquido.
De seguida verte o molho para cima do peixe na panela que ja foi misturado com o refogado, e com a panela tapada volta a saltear durante 10 minutos.
Salteia não mexas com a colher de pau, se não desfazes as postas... "é um peixe sensível".
3 ou 4 minutos antes de desligares o fogão deita la para dentro um ramo bem grande de coentros que previamente picaste bem miudinhos.
Volta a saltear para misturar ao molho.
Quanto ao acompanhamento, eu sirvo com um arroz seco e pão frito que coloco debaixo das postas para absorver o molho.
Podes fritar fatias finas de pão em azeite ou óleo bem quente.
Depois antes de servires a comida colocas o pão frito no prato, pões o peixe e o molho por cima, e ao lado acompanha com arroz seco ou legumes salteados."



Nuvens e borboletas, é como eu me vou sentir quando fizer e comer esta delícia! Obrigada querida Petra, pela receita de família!


Oferecido pela querida Nina



Sabiam que a Petra já deu aulas de culinária, a pessoas cegas? Pois é!! Agora só falta o livro de receitas!

23 comentários:

Miss Lizzie disse...

Esta receita parece ser uma delícia. Vou "roubar", pode ser?

Petra disse...

Oh mulher prometo que da próxima vez que fizer este pitéu te envio a fotografia por e-mail......
Aprendi a cozinhar porque gosto muito aquilo está-me no sangue lool e ao contrário do que muita gente pensa, é possível fazer maravilhas na cozinha mesmo sem a visão.

Luisinha disse...

Parece-me uma ótima ideia o livro de receitas para cegos!! ;)

Opinante disse...

Muito interessante mesmo!!

S* disse...

Mas que bela ideia. :)

Marta disse...

Querida Manuela,
Hum...fiquei com água na boca ;)

Angela ;) disse...

tenho um selinho :)

Teresa queiroz disse...

colectânea Significado de Colectânea subst. f. 1. colecção de textos de vários autores

CONVITE

Vamos iniciar uma nova colectânea ...desta vez só para AUTORES

DESCONHECIDOS ----- QUE NUNCA TENHAM SIDO PUBLICADOS

Textos; Pequenas Histórias; Pequenos contos; Histórias pessoais , reais!!

Queremos publicá-los com histórias reais, de gente que sente e que vive !

Histórias da vida real .
Histórias sem idade...

Histórias sem preconceitos, sem tábus e sem "medos"...na "CORDA BAMBA"

1º Passo

- Enviar o manuscrito em formato word; A5

para a apreciação e selecção

( recebemos o vosso manuscrito até dia 27 de Março de 2012 )

e-mail : pastelariaestudios@gmail.com

Cá vos esperamos com histórias e mais histórias !!

Transformamos as vossas obras em sonhos acordados”


Teresa Maria Queiroz

LOL aos 40 disse...

Olá Turista...
hummm que delícia!
: )
Olha, essencialmente tb gostei de saber que já ensinou culinária a pessoas cegas.
Admirável.
Parabéns à Petra.
(Não conhecendo) um bj tb para ela.

Adorei as borboletas com as rotas, o mapa Mundo...estão lindas.
Bonito selo.

Bjs
Fica bem

Maria Garcia Pita disse...

achei muito interessante a ideia do livro de receitas para cegos, muito boa mesmo :) e muito obrigado pelo comentário espero que tenhas gostado do meu blog :)

Letícia* disse...

Que borboletas tão giras *-*

Eu um dia destes tenho que me aventurar na cozinha, a ver vamos o que vai sair de lá xD

Beijito* querida Manuela :))

***

Pretty in Pink disse...

Aiai se a minha mãe vê esta receita enfia-se já na cozinha a fazer =P Já estou com água na boca só de olhar para a receita nhami nhami!

Beijinho*

Lacorrilha disse...

Mais uma aqui que tb vai "roubar" a receita. Nham!

AvoGI disse...

ela nao só dá aulas a invisuais como ela é tb invisual
kis :=)

Petra disse...

O Manuela qual livro de receitas não sou a Felipa va com deus ok? SOU MAIS GIRA QUE ELA deumalibre.

Orquídea Selvagem disse...

Olá Manuela,

Ando há que tempos para clicar ali naquela coisa que diz "SEGUIR" e só hoje lá fui clicar.
Cheguei [já há tempos] até ti precisamente através do blogue da Petra e fiquei feliz por hoje, quando cá vim espreitar, me deparar com um post em sua honra.

Quero felicitar-vos a ambas... só tenho pena é de não gostar de cação!

Beijos às duas :)

maria disse...

Parece ser delicioso :)

Beijinho :)

Marta disse...

uauuuu Petra que venha lá o livro de receitas!!!
beijinhos

Graça Sampaio disse...

Não sei se gosto mais da receita do cação (de que gosto muito!) de do quadro das borboletas!

Beijinhos culinários...

Nina disse...

A Petra é um espanto de menina. Sabias, querida Manuela, que nos tratamos por primas porque temos origens comuns? Ah, pois é. Cá para mim, a miúda é assim boa cozinheira porque é minha prima.lol
beijinhos às duas

mfc disse...

Hummm... só de ler... abriu-se-me o apetite!!

Tanita disse...

Adoro a Petra, grande mulher! sim o livro, onde está?

Mimi La Rose disse...

a Petra é um dos amores da minha vida e cozinha muito bem e com gosto!